Quando meu anjo soprou que eu estava grávida.


1.jpg

Lá estava eu, acordada às 3h da madrugada sem saber o que estava acontecendo comigo.

Que sentimento é esse? Que sensação maravilhosa! Que linda que é a vida, as pessoas e tudo a minha volta! Tudo é perfeito e sublime….  De repente o mundo ficou mais colorido e incrivelmente feliz. Estava embriagada de amor… acordei com uma sensação de plenitude, certeza e paz. Meu ex-marido dormia profundamente e eu precisava compartilhar tudo isso que estava sentindo com alguém.

– Amor, vamos adotar um filho? Não sabia o que dizer, foi a primeira coisa que me veio em mente. Adotar uma criança.

– O quê? Marcela, vai dormir! Você tá sonhando, olha a hora. Ainda é madrugada!

Por um breve momento pensei que eu pudesse estar enlouquecendo. Por que havia pensado nisso? Nunca imaginei adotar uma criança e nem estava planejando uma gravidez. Estávamos planejando uma linda viagem que faríamos em um mês, mas…. a sensação de amor incondicional e pureza que tomou o meu corpo e mente fizeram-me acordar e agradecer pela vida que tenho, pelos meus ancestrais e pelo meu corpo sagrado: Meu único bem nessa vida.

Talvez eu estivesse sonhando mesmo… uma coisa era certa: precisava controlar mais os meus sentimentos. Voltei a dormir envolvida com aquela sensação indescritível de um amor puro e grandioso. Algo que me envolveu de tal forma que queria compartilhar com alguém, pois todo aquele sentimento  não cabia dentro de mim. Só um filho seria merecedor de receber. Deveria ser essa a sensação que uma mãe sente por um filho. Algo tão puro, grandioso, sublime… mas ao mesmo tempo simples e perfeito.

O tempo passou e eu já havia esquecido aquele experiência que me tirou da cama e fez-me refletir sobre o verdadeiro amor. Um mês depois, curtindo a nossa viagem tão planejada, descobri que estava grávida e foi aí que entendi o significado de uma frase que li há alguns anos atrás: “As certezas não pertencem a este mundo”.

untitledUntitled1.jpgConheça o Espaço Arte de Gerar e faça parte dessa grande família

 

rodapepost2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s